Francisco Rebolo

1902 - 1980

Em 1915 trabalhou como aprendiz de decorador. Como jogador de futebol, no Corinthians, conquistou o título de Campeão do Centenário, em 1922. A partir de 1934, depois de trabalhar como decorador, decidiu-se pela pintura e em seu ateliê no Edifício Santa Helena, na Praça da Sé, formou um grupo de pintores que mais tarde seria chamado por Mário de Andrade de o Grupo Santa Helena.

 

 Integrou também as exposições da Família Artística Paulista. Participou da Bienal de São Paulo (1951 e 1953). Obteve pequena medalha de ouro no Salão Paulista de Belas Artes em 1936. Em 1954, o prêmio de viagem à Europa no Salão Nacional de Belas Artes.

 

 Em 1973, o Museu de Arte Moderna de São Paulo inaugurou uma retrospectiva de sua obra. Entre 1994 e 1995 integrou a mostra da Coleção Unibanco, na Casa da Cultura de Poços de Caldas (MG) e no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro. Em 1996, o Centro Cultural Banco do Brasil inaugurou a exposição O Grupo Santa Helena, no Rio de Janeiro.

 

 Rebolo é considerado como um dos mais talentosos pintores do Grupo Santa Helena, trabalhando as cores com maestria, para compor paisagens marcadas pelo refinamento do meio-tom. Paisagista por excelência, pintou os arrabaldes, os limites da cidade, os subúrbios de casas simples. Tudo isso com a simplicidade de quem não partilha de referenciais teóricos rígidos.


Outros Pintores Modernos