Bernardo Cid

bernardo cid 1b1111925 - 1982

Autodidata, começa a pintar em 1945; realiza em 1952, em São Paulo, sua primeira exposição individual na Galeria Ambiente; e recebe em 1959, com a obra Jabuti, o Primeiro Prêmio de Escultura da Câmara Brasileira do Livro.

 

 Em 1968, integra um movimento artístico internacional sediado em Paris e com desdobramentos no Brasil, o Grupo Austral, ligado ao Phases. No ano seguinte é convidado, por cineastas da National Film Board do Canadá, para representar o artista brasileiro no documentário Comparaisons, veiculado pela TV Educativa.

 

 Das mostras de que participa, destacam-se: Salão Nacional de Arte Moderna, Rio de Janeiro, 1959; Bienal de São Paulo, 1959 e 1965; Salão Paulista de Arte Moderna, São Paulo, 1959 (Menção Honrosa, 1961; Prêmio Governador do Estado, 1968); Panorama da Arte Atual Brasileira, no Museu de Arte Moderna de São Paulo, 1969 e 1976; Bienal Nacional de São Paulo, 1976; Tradição e Ruptura: Síntese de Arte e Cultura Brasileiras, na Fundação Bienal de São Paulo, 1984 a 1985; A Arte do Imaginário, na Galeria Encontro das Artes, São Paulo, 1985; 100 Obras Itaú, no Museu de Arte de São Paulo, 1985; Bienal Brasil Século XX, na Fundação Bienal de São Paulo, 1994; Os Colecionadores - Guita e José Mindlin: Matrizes e Gravuras, no Centro Cultural Fiesp, São Paulo, 1998.


Outros Pintores Modernos